Sejam bem-vindos ao Mackenzie Davis, a sua fonte sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará todas as novidades mais recentes sobre a Mackenzie, desde seus projetos até fotos e vídeos. Fique a vontade para desfrutar de todo o nosso conteúdo e volte sempre a nos visitar!
15
11

A TV é, entre outras coisas, uma maneira de marcar o tempo. Os programas populares ajudam a definir as suas épocas não apenas porque geralmente são atuais, mas também porque permanecem por tempo suficiente para evoluir, responder e às vezes até mudar o mundo ao seu redor. Nossa memória cultural dos anos 70 se apóia no programa Mary Tyler Moore, All in the Family, M * A * S * H e The Jeffersons. A virada do milênio evoca The Sopranos, The West Wing e Buffy, a Caçadora de Vampiros.

Mas, na década passada, quando as opções de visualização explodiram e o público se fragmentou, a maioria dos gigantes das classificações (The Big Bang Theory, Modern Family) ficou para trás no tempo. Os anos 2010 foram definidos pela proliferação de programas menores, mais estranhos, mais pessoais e diversos – não três ou cinco destaques, mas dezenas deles. Todas as críticas são subjetivas, é claro, e a minha lista dos melhores shows dos últimos 10 anos certamente reflete a escassez de escolhas de consenso. Minha esperança é que, no entanto, represente algumas das maiores preocupações culturais da década – e algumas das artes mais ressonantes que surgiram do excesso de pico na TV.

Antes de começarmos, devo mencionar que existem algumas regras para a lista: Somente programas que foram executados por pelo menos duas temporadas até o final de 2019 (ou seja, nenhuma minissérie, que será abordada em uma lista separada, e sem Russian Doll, que teve apenas uma temporada) e que tiveram o melhor desempenho possível durante a década atual foram elegíveis.

Aqui estão as escolhas da TIME para os melhores programas de TV dos anos 2010, apresentados cronologicamente com base no ano de estreia de suas séries. Leia também a lista da TIME dos melhores filmes, performances de filmes, livros de não-ficção e livros de ficção da década.

Halt and Catch Fire (AMC, 2014-2017)

“Computadores não são especiais. São o que levam você a algo especial.” É o que diz o empresário Joe MacMillan (um Lee Pace maravilhosamente dinâmico) em vários pontos ao longo das quatro temporadas de Halt e Catch Fire. A princípio, nos primeiros episódios que tentavam fazer Joe o Don Draper de uma narrativa de Mad Men transposta para a revolução dos computadores pessoais dos anos 80, a série parecia um discurso vazio. Mas Halt se tornou única quando os personagens ao redor de Joe – a prodígio da programação Cameron Howe (Mackenzie Davis), o engenheiro gênio e frustrado Gordon Clark (Scoot McNairy) e a visionária esposa de Gordon, Donna (Kerry Bishé) – entraram em foco. “O que leva você a algo especial” era sobre o poder da tecnologia e a colaboração criativa em geral, para forjar conexões interpessoais. Dessa forma, capturando a maneira como esses parceiros de negócios, em algum momento, se tornaram pessoas melhores, mais genuínas e realizadas – e articulou os perigos de tratar a inovação monetizável como um fim em si mesma. Na última década, como sofremos as consequências de um setor de tecnologia que pode parecer desprovido de percepção e empatia humanas, Halt ousou imaginar uma história alternativa do setor em que essas qualidades eram mais importantes.

  • Fonte I Traduzido e Adaptado por: Laura I Equipe do MDBR
Você pode gostar de ler também

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



O Mackenzie Davis Brasil é um site feito de fãs para fãs e tem como objetivo principal compartilhar as notícias mais recentes sobre a atriz Mackenzie Davis. Nós não temos qualquer contato com a atriz, seus familiares e agentes. Qualquer artigo, vídeo ou imagem postado nesse site possui os direitos autorais dos seus respectivos proprietários originais, assim como todos os nossos conteúdos produzidos, editados, traduzidos e legendados devem ser creditados sempre que reproduzidos em outro site. É proíbida a cópia total ou parcial deste site assim como deste layout.